ENERGIA EFETIVA DO ACELERADOR LINEAR PRECISE 6MV 
DO INSTITUTO DE RADIOTERAPIA SÃO FRANCISCO    

 Fausto Mafra Neto; Arnie Verde Nolasco; Lucas Nezio Malta

Físicos do Instituto de Radioterapia São Francisco - Belo Horizonte, MG - Brasil  

novembro de 2017


 

RELATÓRIO

Introdução

 

Este trabalho apresenta resultados da medida da energia efetiva do acelerador linear ELEKTA, Modelo Precise de 6MV No Série 154365, instalado no Instituto de Radioterapia São Francisco de Belo Horizonte. Foi utilizado o método da intensidade atenuada por camadas de material absorvedor, neste caso lâminas de chumbo comercial.

O coeficiente de atenuação foi determinado com utilização de dados do National Bureau of Standards, organizados de forma a permitirem a interpolação pelo método de diferenças divididas de Newton, e que foram apresentados em radioterapiamineira.org - ENERGIA EFETIVA (MAFRA e outros, 2017)


Captura de tela 2017-12-06 09.53.53.png
Captura de tela 2017-12-06 09.55.58.png

Instrumentação de medida

 

Eletrômetro  -  fabricante:  Cardinal Health

modelo:      35040

n. série :      99473

 

Câmara  -  fabricante:  Victoreen

modelo:      580-060-wp

n. série :      107 35


Resultados experimentais

Captura de tela 2017-12-06 10.07.03.png
Captura de tela 2017-12-06 10.09.51.png
Captura de tela 2017-12-06 10.11.17.png

Cálculo da energia efetiva

 

A análise estatística dos resultados relacionados  na tabela 2 oferece:

coef. angular   = - 0,505

coef. linear = 3,43

com uma qualidade representada pelo coeficiente de correlação 0,9998998.

ln I = -0,505X + 3,43

A inclinação da reta representada na figura (b), coeficiente angular da equação, é uma característica do material utilizado nas lâminas, o chumbo, e representa o coeficiente linear de atenuação m, para a energia em questão.

μ = 0,505cm-1

O coeficiente massivo de atenuação,  μ/ρ = 0,0447cm2/g, já que o chumbo contém 11,3g/cm3.

A interpolação de  μ/ρ na tabela 1 vai encontrar a energia efetiva do feixe contínuo de raios X equivalente a:

 

Eef = 2,25MeV


Bibliografia

 

DELARÍO, A. J. Roentgen, Radioisotope Therapy – Lea & Febiger – Philadelphia, 1953

GRODSTEIN, G. W., X ray Atenuation Coeficients from 10keV to 100 MeV, National Bureau of Standards, Circular 583, 1957.

MAFRA F., NOLASCO A. V., CASTRO A. L. S., Energia Efetiva, em radioterapiamineira.org, 2017

MASSEY, J. B. Manual de Dosimetría en Radioterapia: Coleccion de Informes Tecnicos no 110 – Organismo Internacional de Energia Atomica – Viena, 1971.